LIVRO E EXPOSIÇÃO "TRINTA E SEIS"

"Elisabete Morais fotografa o vazio da ausência física dos corpos..."
jornal Público, 2012

 

Trinta e Seis é um trabalho fotográfico, no âmbito de tese de mestrado em Fotografia Documental, com base na queda da ponte Hintze Ribeiro e consequentemente na tragédia provocada por este terrível e dramático acontecimento. Assim, as imagens apresentadas centram-se numa paisagem simbólica que representa a ausência de trinta e seis corpos. Este projecto surge da necessidade de abordar a tragédia, que abalou o país durante longos meses, de uma forma mais pessoal e menos mediática. As paisagens que rodeiam o rio Douro falam não só de uma tragédia, de um luto colectivo, mas também de um ciclo de vida que metaforicamente é representado pelo rio.

 







pROJETOS